Mestre Nacional

Adalberto de Souza Alvarenga, conhecido na capoeira como Mestre Nacional, nascido em 26 de abril de 1949, se apaixonou pela capoeira ao ver de fora, encantado pela arte que viria a ser tão sua. Conta a história que ele passava por uma roda ainda menino, quando saía de casa para ir a escola, no bairro da Tijuca, zona norte do Rio de Janeiro.

 

De família humilde, sonhava em um dia poder ter aulas, apesar de não poder pagar por elas, começou na capoeira em 1966 aos 17 anos de idade, no Vila Futebol Clube na rua Ururai, com Mestre Vandique e na quadra de escola de samba Vila Santa Tereza.

Após o retorno de Mestre Vandique a Bahia, Mestre Nacional passou a treinar na residência de Mestre Júlio César Figueiró, na rua Picuí, n 373, em Bento Ribeiro, com os treinos constantes no Imperial Atlético Clube na estrada da Portela em Madureira, hoje galeria apolo 1, passa a divulgar a sua capoeira por todo Rio de Janeiro e outros estados, fazendo ainda participação em varias novelas da Rede Globo, tais como: Cabana do Pai Tomás, Escrava Isaura, Pulo do Gato, dentre muitas outras.

 

Ficou conhecido como Mestre Nacional em virtude de percorrer as rodas com a camisa do Banco Nacional, local onde trabalhou na área de segurança, com transporte de valores por muitos anos, e na roda da Central do Brasil onde os alunos do Mestre Dentinho do grupo de capoeira Auê assim o chamavam.

 

Ganhou seu título de Mestre na década de setenta na comunidade Jorge Turco, após uma roda de capoeira na praça de Coelho Neto, foi convidado por Antônio Candeia Filho, o conhecido Mestre Candeia, em 1975 começou a ministrar aulas de capoeira no Esporte Clube Veja na rua Curipe, n 65, em Coelho Neto sede provisória do Granes Quilombo, onde residia atualmente na rua Ouseleik, n 810 Fazenda Botafogo e por onde passaram vários alunos.

 

Mestre Nacional escreveu grandes composições que estão no cd "Momentos de Mestre Nacional", amigo inseparável de Mestre Medeiros, juntos fundaram a Associação Cultural de capoeira Quilombo Nagô que mantem viva suas tradições na quadra do Grêmio Recreativo de Arte Negra Quilombo.

Adalberto de Souza Alvarenga, Mestre Nacional veio a falecer de parada cardíaca aos 23 de Junho de 2011.  

Copyright

Av. Nossa Sra. do Carmo, 562, Centro, Betim/MG - Ao lado do Clube Atlético Rodoviário
  • Instagram Cais da Bahia Capoeira
  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon